Para os meus camaradas Benfiquistas do resto do país

Quando eu vos digo, que viver em Palermo é complicado, há muitos que acham um exagero.

Quando eu vos digo que os festejos de corruptos, incidem essencialmente sobre ofender o Benfica, podem pensar que é um exagero.

Quando vos digo que nos últimos festejos foram vandalizados veículos, só porque eram vermelhos, vocês acham que isto é um filme.

Pois bem, eu gosto de mostrar factos, e será isso que o vou fazer mais uma vez.

A todos aqueles, que acharam um exagero o facto de alguns benfiquistas terem celebrado efusivamente a passagem à final da Liga Europa, ou da equipa ter festejado a vitória na Madeira, uma vitória tirada a ferros, gostava que vissem o que se passou por aqui: desde buzinadelas de carros, vuvuzelas, rumaria para a baixa do Porto até ao lançamento de foguetes, continuam a achar que os festejos dos adeptos do Benfica foram exagerados? É que os corruptos ainda terão de ganhar o último jogo em casa do terceiro classificado.

Eu sei que o/a Cosmos estará sempre presente, mas por outro lado não estará o Artur na baliza (custa-me muito dizer isto, mas o Artur esta época ofereceu-lhes literalmente 5 pontos e isso ainda me dói mais).

Mas o que me trás aqui é colocar-vos as provas de o que digo não é um exagero. A tarja com que os bichos do mato iam receber a equipa do Benfica, toda a gente viu.

Mas e isto? Toda a gente soube?

DI da Antena 1 vai “proceder judicialmente contra os adeptos responsáveis pelas agressões” a trabalhadores da empresa

Alegadamente, terá sido o facto de o logótipo dos microfones ser vermelho que desencadeou as agressões a Fernando Eurico, jornalista, e Manuel Augusto, técnico

A direção de Informação da Antena1 repudiou, este domingo, “veementemente”, a agressão a dois profissionais da estação, no sábado à noite, após o clássico, por adeptos do clube do norte. 

A RTP irá “proceder judicialmente contra os adeptos responsáveis pelas agressões e pelos danos causados à viatura da Antena1”, acrescenta um comunicado da direcção de Informação (DI) da RDP/Antena1. 

Também o Sindicato dos Jornalistas lamentou e repudiou hoje a “agressão de que foram alvo um jornalista e um técnico de som ao serviço da RDP/Antena 1 por adeptos do Futebol Clube do Porto (FCP)”. 

Em comunicado, o SJ apelou às entidades competentes e às forças da ordem  para que “criem condições de protecção e socorro das equipas de reportagem que cobrem eventos desportivos”. 

“A violência com que se produziram as agressões, obrigaram o jornalista Fernando Eurico e o técnico de som Manuel Augusto a receberem tratamento hospitalar”, indicou a DI da RDP/Antena1. 

Os dois elementos da Antena1 acompanharam o jogo e preparavam-se para  realizar a cobertura dos momentos de festa que sucederam à vitória do FCP, 
quando foram surpreendidos por um grupo de adeptos do Porto que os “agrediram verbal e fisicamente, sem motivo, sem razão, num puro ato de violência gratuita, impedindo a realização do seu trabalho”, descreve o texto da DI da estação pública de rádio. 

“Não fora a intervenção de outros adeptos do Porto, para quem a violência também é intolerável, e as consequências poderiam ter sido mais graves”
acrescenta o comunicado. 

“O comportamento do grupo de adeptos do Porto que levou a efeito as agressões desprestigia o desporto e em concreto o futebol”, considera a DI da RDP/Antena1, acrescentando que “o futebol não merece adeptos assim”. 

Também a Comissão de Trabalhadores da RTP/Porto exigiu o apuramento de responsabilidades sobre as agressões a dois colegas e acusou “agentes públicos” de “ajudarem a destruir a imagem de credibilidade” da empresa. 

A sub-comissão de trabalhadores da RTP/Porto informou que os dois colegas, trabalhadores da RTP/Porto, “foram barbaramente agredidos quando estavam em pleno desempenho das suas funções” e exigiu que sejam “apuradas todas as responsabilidades.

Chamo a atenção para o facto de terem sido outros adeptos dos corruptos que não permitira que a violência fosse ainda mais longe. Felizmente eu conheço muitos portistas, que são boas pessoas, caso contrário já não os conheceria. Mas quase todos padecem do mesmo mal. Porque, apesar de terem impedido que a violência fosse mais grave, tenho quase a certeza absoluta que no final disseram algo como “… o microfone é vermelho, não deveriam ter utilizado isso aqui”. Se não o disseram com essas palavras, quase de certeza absoluta que fizeram afirmações semelhantes.

E vai tudo cair no esquecimento e ninguém vai pagar por nada. Isto é certo. E o grupo RTP vai continuar a lamber o cú a esta gente, que ninguém ache o contrário.

Porque esta gente funciona assim e porque estas atitudes estão generalizadas no quotidiano desta região, para a grande maioria. Para os que não sabem, esta atitude surgiu, porque, e eu ouvi em directo, o administrador da EDP, ENQUANTO BENFIQUISTA, formulou o desejo que o Benfica ganhasse o jogo de sábado e terminou com a piada do PIB.

Pois, o animal de raça bovina, como não pode ver vermelho à frente, já está a virar toda a região contra a EDP. Eu estou-me a marimbar para o facto do fornecedor deles ser a EDP ou é a outro qualquer. Deixo-vos é aqui um conselho: não mudem para a Iberdrola, porque essa empresa é uma Empresa em que o sócio maioritário é a EDP, por isso tentem outra.

Há mais situações do género: há gente que se recusa solenemente a beber cerveja sagres, há muitos que não podem ouvir o Nuno Markl a falar, porque ele refere muitas vezes que é natural de Benfica, etc.

Vocês Benfiquistas do resto do país, vão continuar a achar que nós aqui é que exageramos, mas nós é que vamos continuar a viver por aqui e assistir a isto ao vivo.

Anúncios

Etiquetas:

3 responses to “Para os meus camaradas Benfiquistas do resto do país”

  1. Benfiquista says :

    É verdade. Vivo na zona norte do distrito de Aveiro e já se nota. Nem quero imaginar o que será aí no covil. O pior é que se está a generalizar e aceitar como normal enxovalhar e insultar o Benfica. Isso e ganhar a qualquer custo. As pessoas seguem esse exemplo, depois admiram-se de ver que somos um país de comedores e gatunos.

    • Seismilhoesum says :

      Infelizmente é verdade. Sou da zona de Aveiro embora more em Gaia/Porto (não identifico bem, note). E só não vejo o “morconário” porque felizmente outros prédios me impedem de ter tal visão. De facto, esta-se a generalizar o enxovalhar o Benfica através de mentiras e exageros propositados. Por exemplo, o que aconteceu no voleibol, em que o Benfica foi VÍTIMA de armadilha, conseguiram transformar em “mais uma vergonha do Benfica”. Ou seja, se o Benfica cede, é o rir com mais uma derrota. Se não cede à canalhice, vão inventar mais uma mentira. E note que na minha terra (ex-aldeia) não haviam certos comentários que agora há porque aumentaram os andrades!
      Cada vez mais benfiquista!

  2. Seismilhoesum says :

    Caro “Paixão Vermelha”, (desculpe, não sei o seu nick)

    Como o compreendo. Vivo há cerca de 20 anos na zona de Porto/Gaia e sei perfeitamente do que está a falar. Com certeza que noutros pontos do País existe “gente” assim, e de todos os clubes mas viver em “Palermo” é inigualável. E é ter acesso a certas informações e é ter que ter cuidado com certas vestimentas, e é ser ameaçado por interposta pessoa ….. mas é sobretudo assistir à completa ignorãncia e invenção de factos, sobretudo, virá-los ao contrário! Mas os ideais de Cosme Damião deverão continuar a inspirar-nos!

Opina para aí...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: