Benfica 1 – 0 União de Leiria (Bruno César)

Jogo de fim de época, sem grande motivação para ninguém, onde todos tentaram jogar para o Cardozo.

Ganharam, e tirando o desperdícío de oportunidades de golo, não há muito mais a dizer.

Um conselho ao vencedor da Liga da Fruta: escolham bem o amigo do próximo jogo, que com mais 3 penaltizitos, ainda são capazes de conseguir ter o melhor marcador do campeonato.

Espectacular:

O Benfica tem menos faltas cometidas que os corruptos e mais cartões amarelos e vermelhos (por acumulação e directos). Façam as análises que vos apetecer.

Benfica

Corruptos

Lagartos

Jogos com que os adversários acabam com 10 ou menos jogadores

2 8 7

Ainda mais espectacular, é que depois de já ter sido constatado pelo blog A Corja Listrada, a última jornada só o veio comprovar, neste caso, deve ter aumentado em cerca de 2 minutos o total de minutos que os corruptos jogaram com 10 jogadores. 3 expulsões e todas, depois do minuto 90.

Benfica e Lagartagem, com 86 amarelos e 4 cartões vermelhos por acumulação e outros com 83 cartões amarelos e apenas 1 vermelho por acumulação, e já depois dos 90 minutos.

Se os Lagartos até justificam a lógica de serem a equipa que sofrem mais faltas e por isso acabaram 7 jogos a jogar contra 10 ou menos jogadores, o que já não se entende é como é que sofreu menos 27 faltas que o Benfica conseguiu acabar 8 jogos a jogar contra 10 ou menos e o melhor de tudo fica para o fim, porque o Benfica com 385 faltas sofridas, acabou apenas 2 jogos contra 10 ou menos.

Sendo que o Benfica nos dois jogos com os corruptos, um deles acabou com 10, nos dois jogos com os lagartos, acabou em ambos com 10.

Mas o mais fantástico de tudo, é que as estatísticas provam, que a MENTIRA de que o Benfica é uma equipa de sarrafeiros, é que é a realidade.

Dos três é o que menos faltas cometeu até há data.

Para finalizar, nada como festejar com os verdadeiros obreiros do título.

Anúncios

Etiquetas:,

2 responses to “Benfica 1 – 0 União de Leiria (Bruno César)”

  1. leandro says :

    Um jogo que mostra bem o que foi o benfica destes últimos meses…
    Mas enfim, melhor nem comentar, certo?
    Quanto à teoria dos cartões, como explicar o vosso ultimo campeonato??? Tem a ver com os cartões??
    Bom já falou de penalties não foi?? Pois explique lá estes números desde a época 2003/2004:
    A estatística é a seguinte (tive de pesquisar..rs,rs,rs,rs):

    2003/2004 (ano dos casos do apito dourado):
    FC Porto 5 / benfica 5

    2004/2005 :
    FC Porto 1 / benfica 4

    2005/2006:
    FC Porto 2 / benfica 5

    2006 / 2007
    FC Porto 4 / benfica 5

    2007 / 2008
    FC Porto 2 / benfica 4

    2008 / 2009
    FC Porto 7 / benfica 5

    2009 / 2010
    FC Porto 5 / benfica 6

    No total foram 26 a 34… Acho que é preciso refletir se as culpas são sempre alheias, não??

    E continuando nessa sua lógica, o que podemos pensar do titulo de 2009/2010??
    Naquela temporada acabaram 5 jogos a jogar contra 9, outros tantos a jogar contra 10.. Quantos jogos teve o campeonato?? Pois é meu caro….
    Ainda assim eu não julgo que não foram justos campeões em 2009/10.

    Há que justificar os maus resultados desportivos de qualquer maneira…
    Aquela que vocês mais aceitam é a dos árbitros…
    Mais um campeonato ganho pelo justo vencedor…. Mais um campeonato não conseguido por quem não teve mérito para tal…

    Saudações

    • F1 says :

      Começando pelo fim, quanto aos penaltis, deve estar com algum problema de interpretação, porque eu não me queixo dos penaltis marcados, eu queixo-me dos penaltis ROUBADOS, o que é diferente. Porque se há motivos para se marcar 10 penaltis por jogo, então marquem-se, mantenha-se é o critério, que é coisa que não vos assiste. A grande vantagem dos penaltis, é quando eles são o primeiro ou único golo marcado que dá a vitória ou assegura um empate. Quer fazer essa análise e ver quem é que teve mais penaltis assim tão “valiosos”?

      Quanto aos cartões. Mais uma vez… quer mesmo falar da última época em que o Benfica foi campeão?
      Vocês tiveram 3 jogadores expulsos por acumulação de amarelos, o Benfica teve 1 por acumulação e 2 por vermelho directo. Quer mesmo comparar? Tem a certeza?

      Quanto à época de 2009/2010 contextualize então as coisas, quer tentar?
      Efectivamente em 12 jogos os adversários do Benfica acabaram com menos de 10 jogadores, no vosso caso só 5 jogos nessa época em que os vosso adversários acabaram com 10 jogadores.

      Dos 12 jogos, está contabilizado, por exemplo o Braga – Benfica, em que ambas as equipas ficaram com 10 jogadores ao intervalo, considerou isso? Claro que não.

      Está contabilizado o jogo com o Nacional, em que há duas expulsões e a primeira acontece quando o Benfica está a ganhar 4-0, contabilizou isso? Claro que não.
      Estão contabilizados jogos em que a expulsão dos jogadores ocorreu depois dos 90 minutos, como contra o Setubal ou o jogo com a Olhanense em que o segundo jogador da Olhanense foi expulso depois dos 90 minutos. Jogo esse em que o Benfica jogou 16 minutos contra 10, já que o Di Maria foi expulso 16 minutos depois do primeiro jogador da Olhanense. Contabilizou? Claro que não.

      Quanto aos penaltis desse ano, assim por exemplo
      1 penalti contra o Setubal (foi o 3-0)
      1 penalti contra o Leiria (foi o 1-2)
      1 penalti contra o Leixões (foi o 2-0)
      2 penaltis contra o Nacional (foi o 3-1 e 0 6-1)
      1 penalti contra o Maritimo (foi o 3-0)

      Já vocês, nessa época, foram mais comedidos, mas nem por isso menos cirúrgicos.

      Nacional (2 expulsões, ambas aos 65 minutos) + penalti (foi o 1-0, aos 65!!)
      Sporting (2 expulsões, a segunda foi aos 90)
      Leiria (1 expulsão) + 1 expulsão para os fcp aos 90.
      Paços (1 expulsão, aos 89)
      Nacional (1 expulsão aos 30m) + 1 GP (foi o 1-0 aos 30m!!)

      Consegue ver alguma diferença? Claro que não.
      Eu não defendo que não se marque, nem se expulse. Cumpram-se as regras de forma igual para todos.

      Fiquei sem perceber se se esqueceu, na estatística, da época passada sem querer ou se foi de propósito.
      Benfica – 5 expulsões por DA e 4 VD (9 jogos a acabar com 10 jogadores)
      fcp – 2 expulsões por DA e 1 por VD (3 jogos a acabar com 10)

      O Benfica teve 9 jogos que acabou com 10, contra 7 em que foi o adversário do Benfica que acabou com 10, em dois desses jogos acabaram ambas as equipas com 10).

      A sua equipa teve 5 jogos em que acabou contra 10, e sem entrar em detalhes sobre a quantidade de penaltis (convertidos) a favor, porque a vossa foi superior, mas até nem foi muito mais, temos um espectacular conjunto de 9 pontos ganhos em penaltis:
      Naval (0-1, GP)
      Setubal (1-0, GP)
      Beira Mar (0-1, GP)
      Em que tiveram 8 penaltis a favor (pelo menos convertidos)
      E o Benfica teve 4 (pelo menos convertidos)

      Foi sem querer? Agora se quiser e lhe apetecer, contextualize os número que lhe dei, e verifique também quem é que sofreu mais penaltis, entre a quantidade de amarelos, assim como a proporção entre cartões e total de faltas.
      Mas são tudo estatísticas…
      O que eu desejo é que se marque o que se tem de marcar e se quiser voltar à época passada, valha-me Deus!!! A começar no filme de terror do Benquerença em Guimarães, passando novamente por Coimbra, é uma alegria!! REPITO, o que NÃO SE MARCA É QUE ME INCOMODA! Sente-se claramente a dualidade de critérios.

      Já agora dê os meus parabéns ao amigo Proença (assim como à restante comitiva que vai teve como prémio a ida ao EURO 2012), que acho que até cumprimentou carinhosamente toda a equipa.

Opina para aí...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: