Benfica 4 – 1 Vitória de Setúbal, basquetebol e hóquei em patins

Eu sei que já vem atrasado (problemas com o meu computador), mas tinha de deixar aqui uma pequena crónica.

Fui ao estádio ver o jogo, e comecei a ver o Benfica a atacar e quase marcar aos 3 minutos, mas quem acabou por marcar foi o Setúbal, aos 5, num remate que é desviado pelo Luisão, enganando o Artur.

Se por um lado, tinha confiança que ainda era demasiado cedo, e que podíamos facilmente dar a volta (como viemos a fazer), por outro fiquei com receio que a equipa sentisse a “pressão” dos 56 000 que foram ao estádio da Luz. Felizmente, a “pressão” que foi feita pelos adeptos, foi a melhor que podia ter sido. Ao invés dos habituais assobios e apupos, sairam gritos de incentivo à equipa, por parte de todo o Estádio. Foi fantástico. E o golo do Nolito (ao contrário do que as bestas da SIC continuam apostadas em fazer, peca por tardio).

E quando essas mesmas bestas, dizem que 3-1 ao intervalo era exagerado para o que se tinha passado em campo, é certamente, porque quem comentou o resumo estava a ver o jogo, pelo olho de trás. Porque ao intervalo, já o Benfica podia ter marcado 5 golos, enquanto o Setúbal, tinha feito 2 remates, 1 deu golo e  outro foi ao poste.

Duas palavras para a equipa de arbitragem… UMA MERDA!

As 4 primeiras faltas dos jogadores do Setúbal são faltas para amarelo, não viram nem 1. E o Cardozo, parece ser o único jogador em Portugal, que pode ver amarelos, por bater com as mãos no chão, saltar sobre o GR e cair (sem pedir qualquer falta) ou mesmo por chutar a bola depois do árbitro ter parado o jogo imediatamente no segundo anterior. Ainda há duas semanas, entre corruptos e lagartos, o bicho verde não viu o 2º amarelo por ter chutado a bola depois do árbitro ter apitado para marcar o fora de jogo.

Já nem vou falar do critério utilizado para marcar faltas… é gritante.

Ganhamos 4 – 1 (Nolito, Cardozo, Cardozo, Matic) e foi uma tarde espectacular, onde pela primeira vez fui ao Pavilhão Império Bonança, onde fui ver um jogo de basquetebol e intermitentemente o jogo de hóquei em patins.

Tal como o jogo de basquetebol, o de hóquei também estava renhido. E foi engraçado ver adeptos, junto da cabine do pavilhão, a verem o jogo e a darem o resultado para o resto doo pavilhão. Aliás, um dos golos do hóquei custou-nos 2 pontos no basquetebol, porque quando toda a gente no pavilhão gritou GOLO, o jogador do Benfica que ia para o cesto, assustou-se e acabou por perder o lance.

Para o fim, o Doliboa, guardou-nos um momento NBA, com o triplo da vitória sobre o CAB Madeira, a cair no último segundo. Coisas que raramente se vêem na TV, é a empatia que a equipa de basquetebol tem com os adeptos, o Doliboa fez a festa toda mesmo à nossa frente. Foi fantástico.

Anúncios

Etiquetas:, , ,

Opina para aí...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: